quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Frikadaellos confessam-se antes da sua organização "Vai haver um exorcismo e faz-nos falta um mimo"

Seguindo a tradição do desenrasca, característica deste espaço, chegámos à fala com Luís "Ciências" (can)guru não assumido dos Frikadaellos, organizadores da jornada de amanhã. Gostávamos de dizer que recebemos insights interessantes sobre o que podemos esperar do jogo de amanhã, mas não louvamos a hipocrisia a esse ponto.




Entrevistador Turbulento (ET) - Este ano, que novidades apresenta o plantel Frikadaello e quais as vossas aspirações, depois de 2 épocas a acabar nos lugares que dão direito a organização?

Luís "Ciências" (L "C") - Após provados publicamente os talentos de dança, ingestão abusiva de alcool e o poder intrusivo dum sonoro ressonar, o panorama nacional das variedades irá decerto mudar, ao garantirmos as presenças dum funâmbulo de mentes e dum malabarista de factos para a trupe.


ET - Depois da época 2010 ter sido de glória para os Zbroing vocês, que inicialmente derivaram deles, estão a pensar seguir-lhes os passos ou isso é coisa que faz mal à saúde?

L "C"- Sempre. Nas ruas, nos restaurantes, nas vielas, haverá sempre um Frikaedello a seguir os passos de cada zuboing. O que me faz lembrar que nos falta um mimo na equipa. Se algum mimo estiver a ler estas linhas, responda via comentário, pf. Tu não, Sérgio.


ET - No seguimento da estreia do ano passado, o que aprenderam (assim como de outros jogos) para afinar a organização deste ano?

L "C" - Acho que bastante. mas a ver vamos, essa é que é essa, ai pois é é.


ET - Novidades, vai haver? Das boas ou é melhor levar o farnel e o cobertor?

L "C" - Vamos ter um exorcismo no fim do espectáculo. Esperamos que seja mesmo apenas um.


ET - Na vossa cabeça, o que vai ser mais difícil: traduzir o jogo todo para dinamarquês ou justificar 1 cascata sobre vikings, outra sobre o Odense e outra sobre petiscos da Gronelândia?

L "C" - Giro giro era uma cascata de silogismos a desmistificar algumas inverdades sobre a Dinamarca. Por ex.: Se tanto homens como mulheres partilham as caracteristicas genéticas dos seus pais e dado que os primeiros dinamarqueses eram uma manada de vikings mal encarados – como podemos qualificar a maioria das dinamarquesas?

6 comentários:

  1. O verdadeiro Mimo18/2/11 10:11

    Eu sou um mimo.

    ResponderEliminar
  2. Louis Vuitton marsupial18/2/11 17:39

    O que é um canguru não assumido???

    ResponderEliminar
  3. Eduardo Beauté18/2/11 19:27

    Em minha casa já só se bebe Coca-Cola.
    Cruzes-canhoto mulher!

    ResponderEliminar

Mostra o SunTzu que vive em ti e comenta com garra.